Estratégia numa Campanha política – Uso de Tecnologia na Campanha


Há duas estruturas clássicas de comando e controle bem sucedidas ao longo do tempo. Uma é a cadeia de comando criada pelos homens para as campanhas militares, as guerras, que a longo de milhares de anos foram testadas e aperfeiçoadas nos inúmeros embates que a humanidade se envolveu e continua a se envolver até hoje.

A segunda é a da fé. Independentemente da escolha religosa os homens desenvolveram um fantástica estrutura de organização de fiéis em todo mundo. As religiões mais antigas e as mais novas fornecem exemplos interessantes para este estudo.

Vamos falar no entanto da organização de uma outra atividade milenar, a atividade política, e do exercício do poder na era atual. Uma campanha precisa de organização para pode comunicar suas diretrizes, seu pensamento, suas atividades. Precisa informar seu programa, seus candidatos, sua plataforma. E agora, mais do que nunca, ouvir seus seguidores. Assim temos um do principais fatores de diferenciaçao das atividades.  O sentido em que a informação flui.

Enquanto as duas primeiras tem o sentido preponderante da informação de cima para baixo, a terceira tem que construir um canal duplo de tráfego de informações. As cadeias de comando, hierarquizadas ao longo do tempo, não tinham como fazer este fluxo duplo funcionar bem. Com o uso da tecnologia, mais  específicamente da Internet , este canal já pode ser construído com eficácia.

A primeira definição a ser adotada é  quantos níveis serão utilizados na construção desta estrutura de comando e controle. Olhando a organização militar podemos simplificar dizendo que são  utilizados 4 níveis de planejamento: General, Coronel, Major, Capitão e quatro níveis de execução. Tenente, Sargento, Cabo, Soldado.

A organização religiosa da Igreja Católica usa 4 níveis gerais. Embora existam cardeais, arcebispos, vigários, monsenhores, núncios- o que mostra a complexidade da organização, e as diferenças entre o que é a organização política e a religiosa- a linha de comando e ação pode ser resumida em Poder central de Roma, bispos, párocos e voluntariado laico.
As organizações evangélicas que bem se utilizam das TVs, usam uma estrutura que simplificaremos como obreiros, evangelistas, pastores e poder central (o caso dos bispos é recente).

Estas estruturas foram concebidas em função de quantas pessoas um líder local consegue influir, mobilizar, ou controlar efetivamente. Com o surgimento da televisão e do rádio houve uma ampliação deste raio de ação, com o consequente aumento da velocidade de propagação da expansão. Com o surgimento e a consolidação da Internet esta velocidade foi aumentada. Assim, objetivos passaram a ser medidos em escalas de milhares e não de centenas.

Chegando mais perto de uma campanha política para o Governo do Estado do Rio de Janeiro, consideraremos  o objetivo de cadastrar e exercer influencia em cerca de 1.000.000 de eleitores em todo o estado. Como calcular o numero de núcleos e níveis ?

Aceitando como correta a afirmativa que cada pessoa pode influenciar outras 20 para fins eleitorais, podemos calcular que se fizermos 4 níveis de comando teremos que achar o valor de 20 elevado a quarta potência, o que dá como resultado 160.000. Assim, seriam necessários mais de 6 núcleos(6,25) organizados desta forma para que o objetivo de influenciar em 1.000.000 de pessoas seja conseguido. Este seria assim o Estado Maior da Campanha, ou o número mínimo inicial necessário para atingir o objetivo.

A pergunta seguinte é quantos votos são necessários para a eleição de um governador no Rio de Janeiro? Podemos estimar que com um colégio eleitoral de 11 milhões e meio de eleitores e considerando os votos nulos, em branco e as abstenções ainda assim serão necessários cerca de 4,5 milhões de votos para se consagrar o eleito.

A próxima conta é a mais fácil. Vou precisar de um Estado Maior de 4,5 x 6,25 para ter o mínimo necessário. Ou seja será necessário um núcleo inicial mínimo  de 27 pessoas preparadas treinadas e dedicadas a esta tarefa durante 12 meses.

Você consegue reunir este grupo em torno de você? Então podemos estar falando com o próximo governador do Estado.

    • Pedro Cunha
    • 24 de setembro de 2009

    MEU CARO SIQUEIRA::NEM TUDO FUNCIONA NA MATEMÁTICA QUE DESENVOLVEMOS EM NOSSAS FACULDADES DE ENGENHARIA. ENCONTRAR 28.125 PESSOAS SERIA MUITO FÁCIL PARA UM CANDIDATO QUE SE DEDICASSE A ENCONTRÁ-LAS (COM MUITO DINHEIRO NO BOLSO). DESTA FORMA TERÍAMOS GOVERNADORES SIMPLESMENTE RICOS QUE NÃO TIVESSEM NENHUMA PROPOSTA DE GOVERNO QUE O POVO ACEITASSE.EIKE BATISTA SERIA ELEITO GOVERNADOR DO RIO E UM MEMBRO DA "FAMIGLIA" DE ROBERTO MARINHO SERIA CONSAGRADO. MAS NÃO É BEM ASSIM. GAROTINHO SABE MUITO BEM COMO LUTAR CONTRA OS PODEROSOS SEM MUITA GRANA NO BOLSO. NÃO FORA ASSIM, NUNCA QUE TERIA 16 MILHÕES DE VOTOS PARA PRESIDENTE NUM PARTIDO DE "M" COMO O PSB.EM 94 NÃO TÍNHAMOS OS "PODERES" DA GRANA E SE NÃO FOSSE O CASO DE SOFRERMOS AQUELE ACIDENTE NA DUTRA GAROTINHO TERIA SIDO ELEITO GOVERNADOR DO ESTADO, POIS FICOU MAIS DE 20 DIAS SEM PODER FAZER UMA CAMPANHA CONTRA O MARCELLO ALLENCAR (COM DOIS "Ls" DE COLLOR).GAROTINHO ACREDITA MUITO EM PESQUISA E EM MARKETING PROGRESSIVO (DE BOCA). MAS NÃO SERÁ SOMENTE ASSIM QUE SERÁ ELEITO DE NOVO GOVERNADOR. VAI SER ELEITO POR SUA CAMPANHA DE RUA, JUNTO DO POVO, ABRAÇANDO E COMPRIMENTANDO AS PESSOAS QUE O ADORAM (COMO VEMOS ATÉ HOJE).GAROTINHO IRÁ PARA A ENTRAL DO BRASIL À SEIS HORAS DA MANHÃ E EM SANTA CRUZ ÁS QUATRO E MEIA DA MANHÂ FALAR CARA-A- CARA COM O POVO QUE NÃO LHE METE MÊDO.SE VIRMOS OS COMENTARISTAS DO BLOG DO GAROTINHO TEREMOS MUTO MAIS QUE 28.125 DIVULGADORES DE NOSSA CAMPANHA ( 4,5 x 6,25 ).PELO TRABALHO QUE FAÇO NA INTERNET PARA ELE POR MAIS DE DEZ HORAS POR DIA, NOS JORNAIS E BLOGs MAIS FREQUENTADOS, TE DIGO QUE A COISA ESTÁ VIRANDO. MUITA GENTE ESTÁ SE CONSCIENTIZANDO QUE O CABRAL É OMISSO E INCOMPETENTE, É TRAÍRA E COVARDE QUE MANDA A PM DESCER O CACETE NOS PROFESSORES DE NOSSOS FILHOS. ( TEM CORRETOR ORTOGRÁFICO NESTE ESPAÇO ???)MEU JOVEM SIQUEIRA::ESTAMOS DO MESMO LADO. SÓ QUE EU SOU DE RUA, COM ELE, HÁ MAIS DE 17 ANOS. E SEI COMO É QUE O GAROTINHO TRABALHA. ELE ACORDA CEDO E GOSTA DE TRABALHAR (NOSSO REFRÃO).UM ABRAÇO E FICA ME DEVENDO UM VINHO.PEDRO CUNHA – PEDRÃO

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: